POLÍTICA

Começa o ano e os contratados não tem o que comemorar, afirmou o vereador Thallys Bruno
Parlamentar enviou nota sobre o início do ano novo em nosso município.


Imagem/Reprodução da internet

O vereador Thallys Bruno enviou nota sobre o início do ano em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, confira na íntegra:

"O ano de 2021 foi recheado de maldades, principalmente contra o servidor e parece que 2022 não será diferente. Com exceção dos comissionados forasteiros que estão ganhando altos salários, os efetivos, aposentados, pensionistas e contratados estão vivendo um tormento com essa gestão.

Vários funcionários não terão seus contratos renovados e áreas extremamente importantes como saúde e assistência social ficarão prejudicadas com essas reduções. É mais um presente de grego daquele que tanto prometeu ser diferente dos anteriores e que afirmava constantemente que dinheiro tinha, só faltava um prefeito.

Me solidarizo com estes contratados que já começam o ano de cabeça quente, assim como os que ainda aguardam o pagamento de dezembro de 2020, cujas folhas de pagamento foram empenhadas, mas o gestor não pagou.

E antes que ele diga que o débito não era dele, mas do prefeito anterior é bom salientar que a dívida não é de prefeito e sim da prefeitura. Já se passou um ano o atual gestor não quer nem saber do assunto.".



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo e canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   23/01/2022 20h48





POLÍTICA  |   21/01/2022 23h43