SAÚDE

Prefeitura reabre bloco cirúrgico do hospital de Belo Jardim e informatiza todas as unidades básicas de saúde
De 2013 a 2021, bloco foi reformado e "reaberto" pelo menos 6 vezes.


Foto: ASCOMBJ - Prefeitura de Belo Jardim

A Prefeitura de Belo Jardim, por meio da Secretaria de Saúde, anunciou, na manhã da última sexta-feira (27), a reabertura do bloco cirúrgico do Hospital Júlio Alves de Lira (HJAL), uma das demandas mais solicitadas por quem necessitava de pequenas cirurgias no município. 

Como notícia boa merece ser multiplicada, o Executivo realizou, no mesmo dia, a entrega de mais de 100 computadores e materiais de informática para a informatização das unidades básicas de saúde do município, bem como a implantação do prontuário eletrônico nas mesmas.

A cerimônia simbólica aconteceu na Câmara de Vereadores de Belo Jardim, com a presença do prefeito Gilvandro Estrela (DEM); do vice-prefeiro, Dr. Maneco (Solidariedade); do ex-ministro, Mendonça Filho (DEM); da secretária de Saúde, Aline Cordeiro; da secretária de Governo e Articulação Política, Joedna Souza; vereadores e servidores municipais. 
 
"Hoje é um dia de imensa alegria para mim. Vocês não têm noção da felicidade em anunciar duas grandes conquistas para nossa cidade que começa a ver o resultado do trabalho árduo. Coloquei a saúde como prioridade e ela tem gerado um bom rendimento. Hoje reabrimos o bloco cirúrgico e informatizamos as UBS's, mas teremos muito a fazer por Belo Jardim", disse o prefeito Gilvandro Estrela.
 
Já o ex-ministro Mendonça Filho afirmou do compromisso desempenhado pela gestão em restaurar a dignidade do povo. "Uma cidade do porte de Belo Jardim não realizar nem pequenas cirurgias, era uma vergonha. O povo não merece isso. Mas, através de uma gestão comprometida, como a de Gilvandro, temos avançado neste ponto, transformando a realidade da cidade. Chegou a hora de iniciarmos um novo modelo de gestão pública com respeito a quem merece", finalizou.

Além da revitalização de toda parte estrutural do bloco, o município também adquiriu um carrinho de anestesia, já que o que tinha disponível era antigo e estava em desuso, e outros equipamentos e materiais que deixarão o espaço apto para atendimento. As cirurgias serão agendadas e vão seguir o fluxo de encaminhamento que preconiza o Sistema Único de Saúde (SUS), via Central de Regulação Municipal. Neste primeiro momento, serão agendadas oito cirurgias por semana.

De acordo com a secretária de Saúde, Aline Cordeiro, as cirurgias eletivas terão início no dia 03 de setembro, com cirurgias de hérnia, vesícula, esterectomia, parto cesárea, entre outras de pequeno a médio porte.

Informatização das UBS’s - Foram investidos mais de R$ 330 mil para a aquisição de 108 computadores, 113 estabilizadores, 60 impressoras, três scaners de mesa, dois nobreaks e 25 switchs. A verba foi disponibilizada pelo Ministério da Saúde para uso, exclusivo, da informatização das unidades básicas de saúde (UBS).
 
Com os computadores interligados, será possível, apenas com o número do Cartão SUS, verificar todo histórico de saúde do paciente dentro da rede do Sistema Único de Saúde (SUS). "O prontuário eletrônico irá facilitar e agilizar todo o atendimento dentro da nossa rede, pois, saberemos, por exemplo, se o paciente é diabético, toma medicação controlada, quando foi a última visita ao especialista ou clínico, entre outros", explica a secretária de Saúde, Aline Cordeiro.



Galeria de Fotos:



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo e canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM